NA PENUMBRA DO MEU QUARTO !

Meu quarto mal tem claridade !

Não se enxerga um palmo adiante do nariz . Parece enevoado , cheio de brumas da noite ; porém , está apenas na penumbra de uma minúscula lamparina .

Estamos na primavera . tudo é alegria , paz de espírito e felicidade . As árvores , agora rejuvenescidas , estão mais viçosas , mais perfumadas , mais amigas ; os animais bem mais desenvolvidos ; as flores mais belas e aromatizadas , expelindo tão inebriante perfume que me faz sentir embriagada por  deixar meu quarto rescindindo a todo o suave e melífico aroma natural das flores .

A lua , reflete na janela do meu quarto , sua luz prateada e provocante ; viro-me por um instante  para essa direção  e o sombreado do luar bate direto sobre o meu rosto  , banhado em lágrimas . Estremeço ao toque suave dessa singela carícia . Todo o meu ser vibra e chora ao sentir esse inesperado carinho …

Então , pego o teu retrato e o beijo repetidas vezes , sem parar e sem cansar ( isso porque já não posso mais beijar o original ). Tenho a respiração ofegante porque , na fúria do meu desejo solitário , vibra toda a minha existência …

Agora paro um pouco com o meu desespero e olho ao meu redor  : é noite e cada vez a noite negra avança , fazendo -me ter medo de tudo , até mesmo de viver ( pois as pessoas são tão ruins )…

Minha alucinação  violenta apagou-se paulatinamente , dando lugar ao Amor puro , sincero e vibrante , tal qual as cordas  suaves de um violino cigano envolvente , sonoro e mágico !…

Tornou-se mais densa a escuridão que envolve meu  triste quarto , tão triste quanto eu , pois uma nuvem volumosa cobriu a lua , nesse justo momento . Levanto-me da cama , passeio pelo aposento silencioso e paro , encostando a fronte na janela ; fecho os olhos , começo a rememorar os momentos felizes de outrora e sorrio e vibro , torno a ser feliz porque minha recordação parece tão viva e presente que compensa todo o meu sofrer , todo o meu pranto , todo o meu imenso desespero … Tudo isso porque estou pensando em ti , só em ti , meu grande Amor !…

Óh , Bom Deus , se tudo isso que desfila à minha frente pudesse acontecer de novo , se pudesse … Ah , eu vos agradeceria mil vezes e mil outras vezes proclamaria o Vosso Santo Nome , a Vossa Grandiosa Bondade para com os que amam e sofrem .

Eu sei que se vós quiserdes  , agora , neste momento , eu voltarei a ser  mais feliz que antes  e , por isso , aguardo esse tão almejado milagre : o retorno do grande Amor da minha vida !…

Anúncios

Sobre vileite

Sou uma pessoa amiga e confiável !Sou contra todas as formas de opressão e comunismo . Acredito na justiça divina que não falha nunca!
Esse post foi publicado em CONTOS E CRÔNICAS e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para NA PENUMBRA DO MEU QUARTO !

  1. danilohcastro disse:

    Quem acredita, sempre alcança!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Rancho das Crônicas! disse:

    A penumbra da alma dói sempre um pouco mais…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s