ARREPENDIMENTO TARDIO

ROMÂNTICA

Queres amor?!

Amor? Mas se tu desprezaste o meu…

Amor? Mas se tu não me quiseste…

Amor? Se outra adoravas com ardor…

Amor? Se nada sentias ao me ver!…

Amor?!

Amor? Não meu caro , é muito tarde ,

tarde demais ; não insiste , por favor.

O quê? Achas que não digo a verdade ?

Não meu caro , eu falo bem sério!…

Hein?

Ainda achas que eu estou mentindo?

Que eu ainda muito te amo ?

Oh ! Não me faças rir , por favor,

isto está ridículo , basta !…

Escuta finalmente:

Outrora , meu amigo , eu também julguei

Que o meu grande amor  fosse infalível…

Depois , senti-o por demais flexível…

E , hoje , anos depois – não te amo , um dia eu te amei…

Não chores , nem supliques; sê forte…

Parte meu amigo , parte em paz!

E com alguém tenta a sorte ,

e não me procures ‘nunca mais,

porque és apenas um bom amigo , nada mais!…

Virginia Leite (1965 )

FORTE

Anúncios

Sobre vileite

Sou uma pessoa amiga e confiável !Sou contra todas as formas de opressão e comunismo . Acredito na justiça divina que não falha nunca!
Esse post foi publicado em POESIAS e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s