Arquivo do mês: fevereiro 2015

TROVARIEDADES II

Novamente apresentamos uma coletânea de  trovinhas ou quadrinhas: Todo sonho e devaneio E toda a angústia infinita Tem meio, fim e começo Numa mulher bonita! Trovas que fiz de saudade De sonho,amor,ilusão Não traduziram a metade Da saudade do meu … Continuar lendo

Publicado em POESIAS | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Oh Saudade, até quando?

Publicado originalmente em Verdade na Prática:
http://youtu.be/TB1_0o7qiuI Oh Saudade, cruel dama da noite que inflama o coração do solitário. Até quando desprezarás as canções dos que amam? Até quando rejeitarás os versos dos poetas? Até quando usarás a lua…

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

AGONIA LENTA

Quero ficar aqui…Pai,quero sentir a brisa Que o meu amor aromatiza Pai,peço mais uma vez, Deixai-me ficar aqui Ainda é muito cedo. Ele ainda não chegou Pai, dai-me um segundo, Somente mais um segundo. Quero vagar pelo jardim em flor … Continuar lendo

Publicado em POESIAS | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Buganvília

Publicado originalmente em Verdade na Prática:
A buganvília de cor roxa plantada junto a parede branca que logo avistei, Por seus ramos desformes e suas folhas em abundância por ela me apaixonei. Que beleza de planta que só de…

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

AS SETE PRAGAS DO PT

Adorei o testo abaixo de MIRANDA SÁ e, por achá-lo excelente e oportuno, resolvi transcrevê-lo aqui: MIRANDA SÁ (E-mail: mirandasa@uol.com.br)  Um tuíte de @edmilsonpapo10, “colunista não autorizado da Carta Capital”, me inspirou a pesquisar e escrever este artigo. Ele se referiu … Continuar lendo

Publicado em Notícias e política | Deixe um comentário

TROVARIEDADES

Apresentamos algumas trovas de famosos: Saudade – ausência presente Sempre em nosso coração Perfume que a gente sente De rosas que longe estão (Luís Otávio) Alguém disse que a distância Mata o amor,mata a amizade Mas se não fosse a … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário